domingo, 17 de fevereiro de 2013

Poucas e Boas

Esopo

Ouça, seu mala
Nada disso tem nexo.
Bicho não fala.


Velhice
 
A folha que cai
é um pouco da vida
da planta que vai
 
Indiferente
 
O mar ou amar
Tanto fez ou tanto faz
sem ter quem se dar
 
 
Criptografia
 


10010
0010110
11001
 
 
(Im)preciso
 
Exatamente
com cálculos errados
o amor não mente
 
Cristiano Marcell


6 comentários:

  1. Poucas e muitíssimo boas!!! Sempre bom te ler poeta! Abraços

    ResponderExcluir
  2. Limerique

    Era uma vez poucas e boas lições
    Exatas e muito além dos chavões
    Que o poeta as dava
    Assim como cutucava
    E compondo chamava nossas atenções.

    ResponderExcluir
  3. Muitoooooo bons seus haikais!!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Trilha pra Velhice: http://www.youtube.com/watch?v=Tmm-ZKDLSR0 (Cecília Meireles, Fagner e Hermeto Pascoal).

    ResponderExcluir
  5. Gostei mais do haicai da velhice.

    Abraços

    ResponderExcluir

Nuvens é um belíssimo livros escrito por Anoldo Pimentel, poeta carioca que nos encanta com seus escritos no blog Haikai nos ventos. Para adquirí-lo mande um email para arnoldopimentel@gmail.com

Prestação editorial independente e distribuição de e-books de poesia & afins

CASTANHA MECÂNICA

Castanha Mecânica é um projeto que visa à livre distribuição e divulgação da poesia através da organização dos poemas em forma de e-book. Toda e qualquer reprodução, parcial ou integral das obras que aqui se encontram são autorizadas pelos autores, desde que a autoria seja devidamente atribuída.

Buscando outro caminho fora do mercado editorial, e, a descobertas de novos nomes da poesia, nos disponibilizamos a uma “prestação editorial” que culmina em livros virtuais que podem ser baixados diretamente do nosso acervo.
Ocorreu um erro neste gadget